SUSPENSÃO DAS ATIVIDADES – Gestores do Campus Boa Vista comentam medidas preventivas

por Virginia publicado 18/03/2020 18h16, última modificação 18/03/2020 18h16
As medidas englobam a suspensão das atividades acadêmicas, de 18 de março a 5 de abril de 2020, para a prevenção ao Coronavírus.

Na manhã desta quarta-feira, 18, gestores do Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima (CBV/IFRR) se pronunciaram a respeito das medidas preventivas, que englobam a suspensão das atividades acadêmicas, de 18 de março a 5 de abril de 2020, para a prevenção ao Coronavírus.

Além dos projetos de extensão, pesquisa e ensino em andamento, foi suspensa a outorga de grau de mais de 80 formandos prevista para ocorrer nesta quinta-feira, 19, bem como a cessão dos espaços do CBV aos diversos parceiros externos que realizariam atividades no campus neste mês de março.

Para a diretora-geral do CBV, professora Joseane Cortez, as medidas adotadas pelo IFRR e demais campi representam uma decisão fundamental para que a pandemia não se alastre. “Todos estarão de prontidão para atender, on-line ou fisicamente, quando se necessitar. É preciso adesão e compreensão de todos quanto ao isolamento social, pois essa medida tem sido imprescindível para a contenção do vírus. Este momento é de solidariedade pelo bem comum”, disse.

O diretor de Ensino do CBV, professor Ananias Noronha, pede, especialmente aos mais jovens, que fiquem atentos às orientações de segurança. “O Campus Boa Vista está imbuído no combate à Covid-19 para que a circulação do vírus seja diminuída. Assim, a decisão de suspensão de todas as atividades acadêmicas é primordial neste momento. Pedimos que todos os adolescentes e jovens se resguardem e permaneçam em casa, adotem os hábitos de higiene que estão sendo indicados para que possamos evitar o contágio. Agradecemos a compreensão dos servidores neste momento tão delicado e vamos envidar esforços para que, no retorno, possamos garantir a reposição de todos os conteúdos e assim não prejudiquemos a formação dos nossos estudantes”, declarou.

Já a diretora de Extensão do CBV, professora Marilda Vinhote Bentes, pede desculpas à comunidade acadêmica, pois a medida deixou todos bastante apreensivos. “Publicamente pedimos desculpas pela decisão tomada quanto à suspensão das aulas e atividades de extensão, mas o contexto atual exigiu tal decisão. Sabemos que, para quem é beneficiado com os projetos, seja acadêmico, seja comunidade em geral, essa decisão representa uma quebra no processo dialético, mas a referida intervenção é crucial para que o CBV e o IFRR desempenhem seu papel, enquanto instituição de ensino, principalmente no que corresponde ao seu compromisso social que ocorre via extensão, como forma prática que articula o ensino e a pesquisa com e para a sociedade. No que diz respeito ao edital do Programa de Bolsa Acadêmica de Extensão, o Pbaex, a suspensão do cronograma foi uma consequência, mas será retomado quando as atividades do campus se normalizarem”, afirmou.

As atividades de pesquisa também foram afetadas, como explica a diretora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação Tecnológica do CBV, professora Saula Oliveira. “Não temos previsão de novas datas para os editais do Pibict, do Pivict e do Pipad. As inscrições estarão suspensas até o retorno das aulas. E logo, ao retornamos, iremos reprogramar o cronograma tanto das datas de inscrição quanto do período de execução dos projetos. Os projetos com bolsas do CNPq serão mantidos até ordem superior para suspensão. No mais é importante os alunos continuarem trabalhando no desenvolvimento dos projetos durante esse período”, disse.

 

Virginia Albuquerque
CCS/Campus Boa Vista
18/3/20