Professor do IFRR tem dissertação de mestrado premiada

por Sofia Rodrigues Lampert publicado 15/02/2017 08h35, última modificação 21/02/2017 14h06
Estudo realizado por docente lotado no CAB é premiado em uma das maiores instituições acadêmicas que realizam estudos na área de desenvolvimento regional da Amazônia

O professor Amarildo Ferreira Júnior, do Campus Avançado do Bonfim do Instituto Federal de Roraima (CAB-IFRR), teve o trabalho “Entalhadores do efêmero: a vida associativa na criação dos brinquedos de miriti de Abaetetuba”, defendido em janeiro de 2015, eleito como melhor dissertação de mestrado no Prêmio Núcleo de Altos Estudos Amazônicos da Universidade Federal do Pará (Naea/UFPA)  de Teses e Dissertações 2016.

 A premiação escolheu os melhores trabalhos de doutorado e mestrado defendidos nos anos 2014 e 2015 nos programas de pós-graduação do Naea/UFPA e nas respectivas linhas de pesquisa, prevendo a publicação, em até um ano, pelo selo da editora do núcleo.

O estudo, orientado pelo professor doutor Silvio Lima Figueiredo, foi realizado por meio de pesquisa interdisciplinar, em Abaetuba (PA), a qual buscou analisar as relações sociais, no âmbito dos processos criativos, dos artesãos associados em comunidades desse município. A dissertação seguiu a orientação metodológica do Naea/UFPA, que abrange a observação dos processos sociais numa perspectiva voltada à sustentabilidade e ao desenvolvimento regional na Amazônia.

Para conhecer o resultado da premiação, basta acessar o   link http://www.naea.ufpa.br/naea/novosite/noticia/420.

 

Sofia Lampert
Foto e fonte: professor Amarildo Ferreira Júnior
Ascom/Reitoria
15/2/2017
« Janeiro 2018 »
month-1
Se Te Qu Qu Se Sa Do
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4