WEBCONFERÊNCIA – Ferramenta permite ampliar comunicação e reduzir gastos

por Laura publicado 02/10/2019 11h20, última modificação 02/10/2019 16h18
Por meio dela, é possível dialogar com outras instituições no País e compartilhar experiências virtualmente. Em nível local, ela permite que servidores de diferentes unidades se reúnam em uma única sala on-line

Comunicação dinâmica, em tempo real e a distância é uma das possibilidades apresentadas pela webconferência, uma ferramenta implantada em instituições para, entre outros aspectos, otimizar o tempo e permitir a reunião entre participantes de diferentes localidades, além de reduzir gastos, eliminando deslocamentos desnecessários.

Por meio dela é possível dialogar com outras instituições no País e compartilhar experiências virtualmente. Em nível local, ela permite que servidores de diferentes unidades se reúnam em uma única sala on-line, podendo utilizar recursos que tornam a experiência mais produtiva (slides, vídeos, bate-papo, entre outros).

A liberação de uso dessa tecnologia depende da iniciativa do instituto federal interessado em apresentar demanda à Rede Nacional de Pesquisa (RNP), que utiliza a licença do software Mconf. O diretor de Tecnologia da Informação do IFRR, Francisco Filho, explicou que recentemente esse software foi atualizado e agora apresenta novas funcionalidades, permitindo, por exemplo, webconferências via smartphone e ampliando o número de participantes nas salas virtuais. “A versão traz um layout mais interativo e moderno, algumas novas opções, além de permitir a participação dos usuários pelo navegador web do celular, possibilitando a participação dos convidados de qualquer lugar onde tenha acesso a um smartphone e à internet, não limitado ao acesso através de wi-fi”, disse.

Os servidores do IFRR estão inclusos na Comunidade Acadêmica Federada (CAFe) – um serviço de gestão de identidade que reúne instituições de ensino e pesquisa brasileiras por meio da integração de suas bases de dados. Conforme Filho, “isso garante o acesso e a abertura de salas virtuais por qualquer servidor da instituição, por meio do seu login e senha do Suap. Entretanto, vale ressaltar que esse servidor não será automaticamente um administrador. Isso deve ser solicitado à DTI, a qual avaliará o pedido e liberará a permissão. Nessa condição [administrador], o servidor terá as funcionalidades ampliadas, pois poderá criar comunidades ou mesmo gravar reuniões”, contou. O acesso à sala virtual pode ser feito pelo endereço https://conferenciaweb.rnp.br/.

Diferentemente da videoconferência, para participar de uma webconferência, basta dispor de um navegador instalado e um computador/smartphone conectado à internet. As modalidades de uso variam conforme os acessórios periféricos do computador. Se o usuário estiver munido de headset (fone de ouvido com controle de volume e um microfone acoplado) e câmera, poderá se comunicar com áudio (escutar e/ou ser escutado) e imagens (visualizar e ser visualizado). Caso não tenha esses equipamentos, encontrará um canal de bate-papo, por meio do qual poderá enviar e receber mensagens instantaneamente.

Embora a instituição ainda enfrente desafios para consolidar a utilização dessa ferramenta, principalmente devido à instabilidade da internet no estado, especialmente nas unidades localizadas no interior, a proposta é continuar adequando as estruturas das unidades de modo que possam comportar serviços desse tipo, que contribuam para a maior eficiência das atividades institucionais.

 

Laura Veras
Fotos: Gildo Júnior 
Ascom/Reitoria
2/10/2019
« Fevereiro 2020 »
month-2
Do Se Te Qu Qu Se Sa
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29